Combos

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

A iluminação do futuro

As lâmpadas LED vêm conquistando cada vez mais adeptos pela economia e eficiência em comparação às incandescentes. Conheça seus benefícios e saiba onde aplicá-las
ELOÁ CRUZ, ESPECIAL PARA A GAZETA DO POVO


Eficientes, econômicas, ecológicas e duráveis. Ao que tudo indica, as lâmpadas LED (do inglês, Light Emitting Diode ou Diodo Emissor de Luz, em português) são o futuro da iluminação. Elas podem durar anos e economizar até 80% de energia se comparadas às lâmpadas comuns.
O preço da nova tecnologia, no entanto, ainda assusta. O LED chega a ser dez vezes mais caro em relação a uma lâmpada convencional, mas especialistas garantem que o investimento vale a pena. Para o líder de marketing de produtos de iluminação da Philips Brasil, Aldo Landaeta, o principal benefício em comprar uma lâmpada LED está na redução da conta de energia elétrica, aliado a uma menor necessidade de troca e manutenção do produto. “Há modelos disponíveis de LED que consomem 10 watts e fornecem um nível de iluminação equivalente ao das incandescentes de 60 watts e fluorescentes compactas de 15 watts”, explicou Landaeta.
A economia é grande. Se for colocar na ponta do lápis, uma lâmpada de LED de 10 watts, quando usada por quatro horas todos os dias, gera um custo mensal de R$ 0,59 – segundo simulador do site da Copel. Em comparação, uma lâmpada incandescente de 60 watts utilizada no mesmo período produz uma despesa de R$ 3,57. No caso da fluorescente de 15 watts, o custo é menor que a incandescente, mas ainda assim é mais cara que a LED, R$ 0,89 ao mês.
Hoje, o LED não tem limites de uso ou aplicação. De acordo com a arquiteta Pauline Kubiak, a variedade disponível deste tipo de iluminação permite que a tecnologia seja instalada em qualquer lugar. “Tanto para uma iluminação mais forte, em um espaço com um pé direito duplo, quanto para um nicho mais fechado, o LED sempre vai ser mais vantajoso”, explica a profissional. Para a arquiteta, a não incidência de calor do produto trouxe muitos benefícios para projetos de iluminação em adegas, para a iluminação de obras de arte e até em bancadas de restaurantes.
Quanto à aplicação da iluminação colorida, não existem regras. “O uso de luzes coloridas fica interessante tanto em banheiros, para cromoterapia, quanto em salão de festas, ou até mesmo para detalhes no mobiliário”, salienta Pauline. A tecnologia LED permite a utilização de várias cores em uma única iluminação. “Você pode brincar com um ambiente, que pode ter uma luz mais natural ou, em alguns momentos, criar outro visual no espaço ao usar uma nova cor”, sugere.
Leia a íntegra da matéria no site Gazeta do Povo, e veja também as fotos, prós e contras dessa tecnologia, clicando aqui.



Nenhum comentário:

Postar um comentário